RED ANGEL RED ANGEL: 03 Agosto

SENTIMENTOS















O melhor desenhador pode até desenhar teu rosto o mais perfeito possível, o melhor pintor conseguir pintá-lo para lhe dar vida, mas ninguém nem mesmo deus conseguirá colocar numa tela o que eu sinto por ti.

-------------------------------------------------------

FÉNIX

Ave fabulosa que, segundo a mitologia, vivia durante muitos séculos e que, depois de queimada, renascia das cinzas. Significa, também, única na sua espécie ou género e superior às outras.

Na mitologia Antiga, a Fénix habitava os desertos da Arábia e vivia muitos séculos. Era do tamanho de uma águia, tinha na cabeça uma crista brilhante, as penas do pescoço eram douradas e as outras, de cor púrpura, a cauda era branca com plumas encarnadas e os olhos brilhantes como estrelas.

Diz-se que, quando sentia aproximar seu fim, fazia um ninho com ramos untados de gomas odoríferas, expunha-o aos raios do Sol, nele se abrasando. Das suas cinzas nascia um verme, ou um ovo, segundo outros, do qual nascia uma nova Fénix, cujo primeiro cuidado era transportar a Heliópolis e depositar, no altar do Sol, os restos de seu pai. Era um símbolo do Sol e, entre os egípcios, um emblema da alma.

O mito da Fénix foi popular durante a era Cristã, tendo sido interpretado como um símbolo da Ressurreição. A Fénix acha-se representada em um grande número de monumentos antigos e muitas vezes como símbolo de Hermés. Na simbologia Cristã, a Fénix é circundada de raios solares e simboliza Jesus Cristo, morrendo e ressurgindo no terceiro dia.

Na mitologia oriental, dá-se igualmente o nome de Fénix a uma ave maravilhosa que os chineses transformaram em símbolo da felicidade, da virtude e da inteligência. Participam da ave o dragão, a serpente, a tartaruga e o peixe. Na sua plumagem, brilham cinco cores sagradas.

A Fénix é também, símbolo da morte e renascimento perpétuo da natureza.

Esta ave fabulosa é o símbolo do renascimento e da ressurreição. Neste sentido, ela simboliza o Cristo ou o Iniciado, recebendo uma segunda vida, em troca daquela que sacrificou pela humanidade.

No Egipto, a Fénix está sempre em relação com a relação com a estrela Sothis ou estrela de cinco pontas, ou estrela flamejante, que é pintada, muitas vezes, ao seu lado.
Para a Rosa - Cruz, a Fénix representa a depuração da alma, a reintegração do homem em sua Essência Divina original. Dentro da simbologia maçónica, a Fénix é usada para representar a inviolabilidade, o Fogo Divino, inesgotável benefício de Deus.

Os Alquimistas, em sua linguagem pitoresca e Hermética, simbolizavam pela Fénix, pelo pelicano, ou por um Jovem Rei Coroado, a Pedra Filosofal; durante as várias fases da operação alquímica, , chamada "A Grande Obra", ela adquiria a cor vermelha, passando pelo estado de rubrificação. Diziam, então, que a Pedra é como a Fénix, que renascia das próprias cinzas.

A antiga lenda mitológica da Fénix é muito familiar. Dizia-se que vivia seiscentos anos no deserto, construindo, para si mesma, uma "pira funerária" com madeiras aromáticas; que acende, abando-a com as asas e emergindo das chamas com uma nova vida.

A Pira representa o receptáculo onde arde o "Fogo Sagrado". Do ponto de vista Hermético, o fogo possui as qualidades quente e seca, que correspondem ao verão, ao meio-dia. A cor vermelha é Tamas, vibrando em seu aspecto mais subtil.

Desde os tempos mais remotos da humanidade, o fogo tem sido adorado por todos os povos, como símbolo da vida ou da força animadora, seja directamente como fogo aceso, seja como Sol. Por isso, o fogo sempre foi sagrado Para nós, estudantes da Sabedoria Iniciática das Idades, o Fogo Sagrado reside no Homem em estado latente e deverá ser transformado em Energia Consciência.

-------------------------------------------------------

AS PESSOAS SE COMPLETAM














Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de se decepcionar é muito grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer nossas expectativas, assim como não estamos aqui para satisfazer as delas.

Temos que nos bastar.

Nos bastar sempre e,
quando procurarmos estar com alguém,
fazer isso ciente de que estamos juntos porque gostamos,
porque queremos e nos sentimos bem,
mas nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se "precisam".
Elas se "completam".

Não por serem metades,
mas por serem pessoas inteiras,
dispostas a dividir objectivos comuns,
alegrias e vida.

-------------------------------------------------------

VOU TE AMAR SEMPRE!














Hoje eu estou muito feliz
Porque tenho uma pessoa
Muito especial ao meu lado
E esta pessoa é você

O meu amor, a minha paixão,
A razão da minha felicidade
E fico ainda mais feliz
Pois sei que nosso amor renasceu

Está mais forte, mais sincero
E mais lindo do que nunca
Hoje sei que é um amor verdadeiro
Daqueles que nem o tempo

Consegue apagar
E a distância e a saudade
Só conseguiu nos mostrar
Que nos amamos mesmo

Que nossas vidas se completam
E nossa felicidade é uma só
E são por estes e outros motivos
Que hoje, Te amo mais que ontem

E amanhã, Te amarei
mais que hoje e assim...
Vou te amar para sempre...
E por toda a eternidade!

-------------------------------------------------------

CASAL PERFEITO

O amor é sempre perfeito
em suas imperfeições.
E por razões que apenas
meu coração conhece,
escolhi tua alma...
Calma companhia de viagem,
nos encontramos na brisa,
em suave aragem.
Passeamos em verdes campos,
nos tornamos as flores
que plantamos, somos um poema
inacabado de amor...
Beleza encontrei neste
mundo que me destes,
tudo tem sido eterna surpresa
desde que viestes...
Amor de minha alma,
tua luz é o meu destino...
E por tanto ser
amo sempre e muito mais você...

Karla Bardanza


Dedicado a Andréa Maria Menezes.

-------------------------------------------------------

MULHER














Ó, mulher, de onde tu vens com este semblante tão triste!
Sem ter um sorriso nos lábios, sofreu preconceito
Ficou desamparada em busca de amor para viver!
Como se não existissem, de qualquer jeito
Dentro de uma sociedade paternalista.

Ó, mulher, de onde tu vens, com esta coragem para lutar!
Enfrenta todos os problemas, para o teu espaço conquistar
Mulheres de todas as raças que assumem o seu ideal!
É mulher negra trabalhadora, é raça branca e morena
Tiro o meu chapéu tanto para a grande quanto para a pequena.

Ó, mulher, de onde tu vens com estas mãos calejadas!
É a mulher do trabalho, a negra dos canaviais
Mulher sem liberdade vivendo trabalho escravo
Explorada, injustiçada como tráfico de mercadoria
Mulher não é para ser explorada, e sim viver com alegria.

Ó, mulher, de onde vens, com esta imagem feminina!
Que alegra em ser mãe, mas que um dia foi menina
Dedica o teu tempo aos trabalhos do dia-a-dia
Mulher que luta na vida à procura da dignidade para viver!
Mulher tem que ser respeitada para que esteja sempre em harmonia.

Antes, a mulher não tinha lugar nem vez na sociedade!
Hoje, ela está conquistando o seu lugar, seu trabalho
Percebe-se ainda o massacre das “nossas mulheres”
Que ainda sofrem as consequências desastrosas e desumanas
Mas o que importa é que elas buscam seus objectivos e valores sociais.

Ó, mulher, de onde tu vens, cheia de gestos revigorantes!
Mulher semente da história humana, de vida e valor maior
Que tua imagem seja o reflexo da liberdade e não da prisão
Que tu, ó mulher, possas acreditar na força do teu vigor
Apesar de tanta dor, tu possas sempre acreditar neste nome mulher

-------------------------------------------------------

CORPO ADENTRO














Teu corpo é canoa
em que desço
vida abaixo
morte acima
procurando o naufrágio
me entregando à deriva.

Teu corpo é casulo
de infinitas sedas
onde fio
me afio e enfio
invasor recebido
com licores.

Teu corpo é pele
exacta para o meu
pena de garça
brilho de romã
aurora boreal
do longo inverno.

Marina Colassanti

-------------------------------------------------------

TEUS SEIOS














Teus seios são
sedimentos de amor
soltos mas, encobertos dessa
sensualidade que aflora em teus decotes.

Suave delinear no teu corpo nu
Nesse vaso inundado de tanta beleza
Sensibilidade aflorada neste meu toque
Fazendo brotar os mais profundos de teus desejos.

O que queima cada vez mais
Com seus bicos entre meus dedos
Complementado pelos teus beijos
E saciar o nosso prazer.

Dê alegra ao meu ser
Para amar-te intensamente
Sabendo que para o resto da vida posso te ter.
Teus seios são o início o meio e fim do prazer...

Mauricio Moretti Barreto

-------------------------------------------------------

CORPO PROVOCANTE

No seu andar...
Modo de se vestir
E de se despir
Sempre a variar

Pelas formas de seus seios
Redondos e médios
Provocam arrepios
Atiça os pensamentos.

Teu corpo de violão.
Roliças pernas
Sustentação da sensação.
Da maquina do prazer

Quando chega!
O chão desaparece de meus pés
Ao chamar sem chamar para o amor
Eleva as nuvens.

São momentos do corpo
Presentes para outro corpo.
Corpo ligado a corpo
Numa motivação sem fim

Movimentam e desesperam
Todos os músculos de nossos corpos
Tensos, duros ficam.
Só se amolecem
No findar das sensações, o gozo.

Os amantes insaciáveis
Aos romances perfeitos.
A eterna e louca paixão.

Não lamente uma ilusão perdida.
Pois haveria fruto se a flor não caísse.


Elio Candido De Oliveira

-------------------------------------------------------

AMAR-TE

Quero amar-te,
Para nunca mais, deixar-te,
Na angústia da espera.
Com o frescor da primavera.
E por primeiro,
Beijar teu corpo inteiro.
Acolher-te nos meus braços,
No calor de meus abraços.
Em nossa alcova perfumada,
Ser tua amada, mais amada...
E repousar tua cabeça, entre meus seios
Te deliciar por todos meios.
Esperar-te toda nua,
Ser somente tua..
Ouvir bater teu coração
Emocionado de tesão
Vais adormecer cansado,
No meu corpo abraçado.
E vais de novo me querer,
E todas vezes, vais me ter.
Minhas mãos te acariciando,
Minh'alma e meu corpo te amando!

-------------------------------------------------------

SÓ NÓS DOIS


Coloquei minha boca no teu seio,
Agora vou lambendo devagar...
Gemes tão baixinho,
Quase que consigo escutar...
É um gemido de intenso prazer,
Pedindo para continuar.
É um pedido que não posso
Deixar de atender.
Os meus beijos são longos e profundos,
Tua língua por mim é sugada...
Tuas mãos inquietas,
Passeiam livremente no meu corpo,
Até encontrar o falo ardente,
Que irá despertar teu sexo quente,
A tua xana já toda molhada...
Não podes esperar um só momento,
Imploras a penetração...
Gozas só com o pensamento...
É a divina explosão...
Gemes, gritas... é o orgasmo avassalador.
É a mais incrível oferenda,
E também o mais gostoso prazer do amor.

-------------------------------------------------------

PELO TEU CORPO...

É nas curvas de teu corpo nu,
É nos contornos de teus seios,
É nos teus ardentes beijos
E é no meio de tuas pernas
Que eu me deixo levar
Nesse mar de intenso prazer.

Esqueço dos dias e das horas,
Nem vejo o tempo passar.
Não há tamanha fadiga,
Nem tampouco dor
Que me faça desistir,
Que me faça parar
De navegar nesse mar de prazer.

Não sei se é o sabor de teus beijos,
Ou se é o suor de tua pele,
Ou se é o perfume de teu sexo
Que me deixa assim inebriado,
Zonzo de amor e tesão,
Louco de desejo e paixão.

Para sentir o intenso teu gozo,
Teus gritos e teus gemidos
Eu troco uma vida longa,
Uma vida sem sentido,
Pelo prazer de teu corpo,
Pelos gozos ardentes e desmedidos
Pelo prazer de te ter tido.

-------------------------------------------------------

VORAZ

Ah, nessa noite eu vou lhe encontrar. E os desejos mais secretos logo vão se revelar... e pra início de conversa um beijo ousado vou lhe roubar

Tal qual uma onça voraz, na parede eu vou te acuar ... em teus cabelos me emaranhar... o território do teu corpo agora eu vou desvendar. Vou demarcar com meus beijos cada curva que encontrar Degustar a tua pele e teu cheiro experimentar... os meus gemidos felinos eu não pretendo abafar... quero rasgar a tua roupa e em teu corpo encostar... sentir você gemer , tremer e arrepiar... quero mesmo é te ver aflita e pedindo pra eu não parar.

Pedindo para eu virar cavaleiro e em teu corpo cavalgar... subir e descer vales e montanhas sem ter pressa de voltar. Ah, doce mulher-menina vira tigresa e vem fantasiar... deixa eu descobrir onde se esconde esse desejo que me faz delirar...

Enviado por Edu Pinto

-------------------------------------------------------

DESEJO

Vem...
Que te espero... nua...
Não mais há lugar para o pudor...

Vem...que te quero, nu...
Fecha-me os olhos com
teus beijos, faz-me sonhar
com teus desejos...
Faça-me mulher
com teu
ardor...

Vem...
Que quero agora
acariciar teu corpo
levemente, beijar-te os lábios,
sofregamente...
Sugar tua seiva com minha
boca quente...

Deixar-me penetrar por teu furor...
Vem...
que sou mulher, te quero homem,
vem...
deixa-me viver esta fantasia
de amor...

-------------------------------------------------------

QUERO VOCÊ

Quero você,
No encanto de corpos,
No roçar de pele...
Entrarei no ritual,
tão animal,
tão belo,
tão envolvente...
Abrirei todo o leque,
Serei sua de longe,
Até o presente...
até o limite de não mais poder,
manter,
estar distante...
Você olhando,
eu chamando,
o ar sendo de energias...
Fêmea faço-me,
abraço diferente...
Ruídos pelo recinto...
o olhar é outro,
de fera,
de querer,
de desejo...
Danço a dança do cio,
recebo teu corpo cedendo...
E juntos,
no vai e vem da hora,
nem se lembra da hora,
que corre ,
que corre no corpo,
que corre em tudo...
águas muitas vêm...
fazem o barulho da vontade,
fazem a corrida do receber...
São os caminhos de você...
Sinto então,
barco correndo em água,
despertada...
Nascente e fonte de suas mãos,
de sua boca...
Navegue então...
O rio se fez,
Você o fez...
Desejo no ar,
hora correndo,
águas navegadas,
no ritual do cio,
no ritual da fusão,
no ritual do amor...

Enviado por Edu Pinto

-------------------------------------------------------

QUERO DIZER QUE TE AMO

Preparo-me para me deitar
e penso em ti
Sonho em te abraçar,
em ter-te aqui.
O teu rosto vem-me à memória,
vejo os teus olhos cristalinos,
olhos esses que reflectem a luz.
Contemplo esse sorriso,
sorriso esse que me seduz.
Sinto o toque dessas mãos,
o toque desses braços,
esses gestos de ternura...
De repente acordo,
vejo o que tenho perdido,
a mágoa que me tortura,
a dor que me corrói lentamente,
o medo que está escondido
ou a coragem que me falta
para chegar junto a ti
e dizer o que tenho sentido.
Quero dizer-te que te amo.
Quero alcançar essa felicidade.
Quero estar contigo
para a eternidade

-------------------------------------------------------

SACIADOS DE PRAZER

Saciados de prazer.... Nossos corpos além do desejo... Nossos lábios que tocam a pele quente e arrepiada... Mãos vorazes que exploram pontos sensíveis, Carícias quentes que nos levam ao delírio. Bocas que sussurram, lábios que beijam Línguas que arrancam suspiros e que levam à loucura... Eu, você... uma paixão envolvente, Um desejo que nasce de dentro do corpo E que aflora através da pele, um desejo que entorpece Que leva os nossos pensamentos para um lugar distante, Um sabor de pele suada, um gosto de você na boca... Um querer estar presente mesmo estando ausente Um jeito faceiro de fazer amor, de envolver... A vontade louca de sentir você, O desejo inebriante de sentir seu toque As mãos que buscam seu corpo em meio aos lençóis O corpo que treme, a voz que geme, grita. E finalmente ... nossos corpos saciados de prazer... (autor desconhecido)

Enviado por Edu Pinto

-------------------------------------------------------

ENTREGA

Um beijo desce pelo corpo
passeia pelas pernas
beijando cada dedinho
do pé sobe pelas
curvas das ancas
deslizando no
meio das
nádegas
serpenteando
pelas costas
acima
até atingir a
nuca afastar
teus cabelos
tornear tuas
orelhas buscando
teus lábios abertos.

Encontro de línguas
em fogo e mãos que
descem aos seios teus
mamilos em minha
boca teu arfar em meu
coração minha alma em
teus braços.

No meio de tuas pernas
o cheiro perfumado do
prazer atrai meu encaixe
que busca tua entrada que
acolhe sem pensar
em mais nada...

-------------------------------------------------------

ULTIMA HOMENAGEM

Agora que tu partis-te
Poderás percorrer o Espaço com toda a Liberdade
Enquanto eu ainda permanecerei na Terra,
À qual me prende o corpo material,
Semelhante a pesados grilhões
Não quero que sejas enterrado
Prefiro antes que ao mar sejas lançado
Pois é com ele que nos identificamos
Quero que a tua trova
Não vá contigo, jazer
Mas sim, que sela uma relíquia
Acariciada pelos meus dedos,
Ou guardada, como jóia rara,
Na minha caixinha de segredos...
Quero continuar a fazer parte dos teus Sonhos;
Quero ser o mágico espelho
Do teu lindo rosto.
Quero voltar a ver
Os teus lindos olhos brilharem
Com minha simples presença
E, como uma Princesa
Habitar no teu país de quimeras...
A tua partida
Só serviu para nos aproximar mais
Luto esse não pus
E, que a Luz alivie o teu sofrimento.
Riscando raios de rebeldia
No mármore gélido do teu rosto;
Que o teu sangue permaneça
No vermelho clarão que é o nascer do Sol:
Ou em bica, a correr,
Na rósea cor do vinho mosto;
Até que as nossas almas
Se abracem, por fim,
Ébrias de amor
Daquele vinho novo
Que me darás a beber,
E comemoraremos na vindima da festa
Da nossa condenação
Porque, desta vez,
Os juízes somos nós
E o corpo de delito,
Apenas, o nosso intangível,
Eterno Amor!...

Manuel Luís
a ti, que vives-te, vives e sempre viverás no meu coração...
Lynda Sousa 21 Maio 1989

P.S. Ainda hoje és u dos Seres mais belos que tive o privilégio de conhecer, Obrigada por tudo que me deste e por teres feito parte de minha vida ...

escrito por Lynda de Sousa
04 Julho, 2005 01:33

-------------------------------------------------------

VOLUPIA

A volúpia de te amar me consome...
Enleada nas lembranças,
uma ânsia de provar outra vez,
dos beijos gulosos,
dos toques atrevidos,
do banho de saliva...
De ouvir-te os gemidos...
Deito-me na cama, lasciva,
frémitos de prazer me consome,
na mente, tua imagem ganha forma...
Vem!
Esparge teu amor em mim,
de uma forma despojada,
atrevida e tarada,
quero por ti ser amada,
A cama,
vazia de uma lado,
espera-te...
Vem!
Deixa no amanhecer
as marcas e o cheiro de ti
em minha fronha amarfanhada...
Vem!
Acabe com urgência,
com esta minha coerência.


Vanderli Medeiros


Enviado por Edu Pinto

-------------------------------------------------------

MENINA, MULHER AMANTE/EU QUERO

Menina, mulher amante,
com seus olhos brilhantes,
quero ter você por um instante,
e beber teu prazer constante...
Beijar o teu corpo gostoso,
lamber seu pescoço,
e ser grudento aos poucos...
Se te quero tanto assim,
nesta ilusão tão ruim,
é porque para mim,
és um castigo sem fim...
Na minha serra querida,
tu és a minha guia,
te quero nua de dia,nem que seja por fantasia .

Enviado por Edu pinto

EU QUERO…

Esta noite eu quero…
Beijo sem pressa,
Mão na Mão
Pé com pé
Aquilo na boca
A boca naquilo
Começar e parar
Continuar a repetir
Sofregamente
Rir e chorar
Dançar e rodopiar
Beijar e abraçar
Tocar e olhar
Admirar e apalpar
Toma tudo de mim,
Cuida de mim,
Sou a tua luz,
Tua lua e estrela,
Tua mulher,
Esta noite, noite magica.

Enviado por Edu pinto

-------------------------------------------------------

CORPO DESEJADO

Naquele ensejo em que se espera o fim da tarde Chegaste para mim com desejo em forma de fera Penetrastes em meu quarto qual animal faminto Exausta de preambular pela selva diária Neste fim de tarde nos deleitamos em minha cama Bebo em sua boca uma dose adocicada e de aroma perfumado Extraio de seu prazer um ardor jamais dantes experimentado Quando embriagado nesse corpo ensandecido Vivo o êxtase sem qualquer constrangimento Quero possui-la nesses momentos de paixão avassaladora Sentir-me o próprio soberano desse corpo adorado O prazer deixava o aposento num perfume embriagador O desejo e o prazer nos tornavam reféns desses momentos Gritos e garras se consumiam em nosso prazer Pedidos saíam de sua deleitosa boca Finalmente saciada, seu corpo tende sobre a alvura dos lençóis Percebo nesses instantes travesseiros e roupas pelo chão O amanhecer arrisca penetrar pela vidraça semiaberta Contemplo seu corpo envolvido nos lençóis Admiro tua nudez de fêmea satisfeita Anseio mais um fim de tarde Quando poderei tê-la nua e ardentemente minha.Então serei o domador de sua fera faminta E saciará seus desejos até a romper do dia Adormeceras em meus braços Deixando a descoberto seu corpo desejado. (autor desconhecido)

Enviado por Edu Pinto

-------------------------------------------------------